Ser mãe, por Letícia Gomes

Em 02.12.2015   Arquivado em Mundo Mãe

“Acordar cedo pra arrumar a casa e de repente, AHHAAAN!!! Alguém resolve acordar cedo também! haha É inevitável e paro tudo, troco sua fralda, sua roupa, brinco um pouco e, quando coloco você no sofá pra voltar a fazer o serviço, vejo o olhinho enchendo de lágrima  me olhando bem fundo pedindo colo e me avisando :

– Mamãe eu não quero ficar sozinho!!!

Mas ainda assim volto a insistir: “quem sabe ele não fica pelo menos um pouquinho” (coração de mãe não se engana, mas insistimos em nos enganar). É só eu virar as costas e ouço seu choro. Não resisto, me sinto tão culpada, pois sei que precisa tanto de mim quanto eu preciso de você… Te pego no colo, sinto seu cheirinho e vejo a casa toda bagunçada..

Chega a hora de comer e aproveito que dormiu faço a sua papinha e a minha comida, sento pra comer e você chora avisando que acordou. Levanto, vou correndo te pegar – afinal eu sou mãe e não consigo te deixar nem mesmo resmungar –  te alimento, vou te deixar no sofá e você me olha com os olhinhos brilhando de lágrimas de novo. E aí: almoço com você no colo ou deixo a comida que já está fria, gelar?! (Porque te deixar chorando enquanto eu como está fora de cogitação!!)  Enquanto isso a casa bagunça mais e pra ajudar agora tem mais louça!!! Fico louca..

E o dia passa…

Nos seus pequenos intervalos de sono faço correndo o que precisa, assim que sento achando que vou descansar hahaha neném acorda!! Aproveito e brinco com você. Chega a hora da janta, mas esquece, meu bebê quer atenção! Te dou um banho, na esperança de dormir pra eu jantar e terminar a casa, mas que nada! Ele me da um baile.

Vou passear, ando pelo condomínio e nadaaa, tento deitar no colo e nadaaa, dou mama umas três vezes e nadaaa. Aí resolvo te cobrir colocar na cama e ir no banheiro fazer xixi (afinal, a bexiga já está estourando!!) e quando volto você dormiu sozinho! Me da uma saudade instantânea, te dou um beijo, sinto seu cheirinho e preciso terminar a casa e tomar um banho, mas é tão difícil te deixar… Eu quero ficar te olhando é tão lindo te ver dormir!

Aí resolvo tirar essa foto e escrever esse texto pra minha amiga Laís Sass, quase chorando por um amor que não cabe dentro de mim. Ela me pediu pra escrever o que era “ser mãe” e, pra mim, ser mãe é esconder todas as coisas cansativas, as partes que acabam com a gente, mas não é de propósito, não é tudo azul, tem os momentos que não são fáceis, mas tudo compensa a alegria de ser mãe.

Ser mãe torna TUDO MAIS BONITO!”


Esse texto foi escrito por Letícia Gomes, mãe do Murilo, 4 meses, relatando o que é “ser mãe”. Lindo, né?

a mamae leticia com seu filho murilo

Quer ver seu relato aqui também? Fique a vontade! Pode ser uma história maravilhosa de ser mãe ou o quanto é difícil (pois é muito difícil). Escreva pra gente, nosso endereço é: contato@mamaeantenada.com.br

Beijos e até mais! ♥

Comentários

comentário